SALAR DE UYUNI – 3 DIA

SALAR DE UYUNI – 3 DIA

  • Postado por Augusto Sunano
  • Bolivia
  • 08.03.2017
  • comente!

Continuando nossa jornada...
Despertamos bem cedo, e seguimos viagem para chegar a tempo de ver o sol nascer no Salar de Uyuni.
A caminho do principal destino da viagem, não se podia calcular a ansiedade de todos a bordo rs. Cansei de escutar frases como “Está chegando?”, “Falta muito?” rs. A expectativa era muito grande de finalmente conhecer o maior deserto de sal do mundo. Afirmo que, toda essa experiência em viajar em um veículo 4×4 em pleno deserto é muito gratificante, vale muito a pena, nos enriquece culturalmente e espiritualmente também.

Infelizmente, não conseguimos chegar ao Pôr do Sol, porém chegamos bem cedo e assim curtimos bastante essa grande beleza da natureza.

Salar de Uyuni

O Salar de Uyuni é todo branco, liso e plano; em outras palavras “um tapetão”.  Com uma extensão de 12 mil quilômetros é uma maravilha que não tem fim.

PARA SABER COMO CHEGAR NO SALAR DE UYUNI CLIQUE AQUI

Chegando em nosso primeiro destino, na Isla de Incahuasi. Lá pagamos cerca de 20 bolivianos por pessoas para entrar e tirar fotos com os cactus gigantes.

Vista fantástica

“Um mar de cactus gigantes”

Depois, fomos para dentro do deserto para tirar fotos do Salar de Uyuni.

Nessa hora, o que vale é a sua criatividade! Eu em batalha com o Godzila rs.

Diversão que não acaba mais!

 

Depois muita curtição, foi o momento de seguir viagem. A próxima parada foi em um dos Hotéis de sal mais antigos da Bolívia. Todas as agências fazem parada lá. Em frente ao Hotel possui uma “estaca” com diversas bandeiras de muitos países, e todos tiramos muitas fotos, e enquanto isso, nosso Guia/Cozinheiro/Motorista prepara nosso delicioso almoço.

Depois do nosso “almuerzo”, prosseguimos viagem para o último destino do dia. CEMITÉRIO DOS TRENS.

Chegamos no famoso lugar, estavamos todos exaustos, com um sol que beirava uns 40°graus. Apenas eu e os dois primos chilenos se sujeitamos a descer e visitar o local, o restante do grupo ( mais 3 pessoas) escolheram tirar esse passeio como descanso. O lugar não possui nada de interessante e diferente para se observar,  do que todos nós ou a maioria de nós já não tenhamos visto em qualquer cidade de interior com trens enferrujados. Um exemplo fácil para mim foi: Os trens abandonados de Paranapiacaba.  Porém nessa mesmice, algo de novo aconteceu naquele instante. Podem acreditar rs.

Cemitério de Trens de Uyuni

Cemitério de Trens de Uyuni

Em um dos vagões que passamos, acontecia ao vivo uma sessão de “TORTURAMENTO” ou em outras palavras SUSPENSÃO CORPORAL.
Ver ao vivo é estranho, bizarro, diferente; pelo menos para mim, que nunca tinha visto alguém se mutilar ao vivo. Confesso que fiquei chocado no primeiro momento, acreditei que o sujeito estava se suicidando, em seguida, a amiga dele disse que estava tudo bem que estavam filmando e apenas praticando. De qualquer forma, NÃO TENTE FAZER ISSO CASA RS.

Após registrar aquele fato, voltamos para o carro e seguimos viagem para San Pedro de Atacama. Depois de algumas horas na estrada, chegamos em um Hotel aonde passamos a noite e saimos bem cedo no dia seguinte.

Essa foi a nossa tripulação a bordo.

Felicia, Pato, Leo, Eu, Richard (nosso guia), Andy e Thalice.

Só temos elogio a fazer ao nosso Guia/ Cozinheiro / Motorista Richard, além de super atencioso, um excelente profissional. Isso foi fundamental para que a viagem fosse prazerosa, aliás foram 4 dias em sua supervisão e companhia.

Clique aqui, e veja o 1 dia de viagem ao Salar de Uyuni

Clique aqui, e veja o 2 dia de viagem ao Salar de Uyuni

 

O que levar:

  • 5 litros de água ;
  • Levar roupa de frio;
  • Papel higiênico;
  • Lenço umedecido;
  • Algo para comer (biscoito, um lanchinho, salgadinho e etc);
  • B$ 200,00 (duzentos bolivianos) para entrar entrar no parque Eduardo Ávaroa e pagar pagar tomar banho.

Horário: A viagem foi realizada em 4 dias. O último dia foi a volta para a cidade de San Pedro de Atacama.

Quanto eu paguei: $ 109.000 pesos chilenos pelo pacote de 4 dias de Salar de Uyuni  (Incluso Tour/ Hospedagem / Todas Refeições) +  B$ 200,00 bolivianos para entrada na Reserva Nacional Eduardo Avaroa. JAN/16

Agência que eu fiz o passeio: SOL ANDINO EXPEDICIONES

Deixe seu comentário:





Back to Top