GEYSER DEL TATIO

GEYSER DEL TATIO

  • Postado por Augusto Sunano
  • Chile
  • 26.09.2016
  • comente!

O campo geotérmico dos Geysers del Tatio é o mais importante da América do Sul, não é à toa que este
seja um dos passeios principais, atipíco e mais visitado do Atacama.

A aproximadamente 100km da cidade de São Pedro, “El Tatio” é nada mais nada menos que erupções de
água. Esse efeito é causado pelo choque de águas subterrâneas sob um campo de lava, que ao mesclar-se, vapores e gases saem por fissuras da terra. Um detalhe: os vapores cheiram a enxofre.

O passeio é realizado de madrugada, os guias nos buscaram às 4h00. Dizem que ao amanhecer, entre 7h-9h, os jatos de vapor estão mais fortes. Neste período as temperaturas no deserto podem chegar até -30c, no inverno, ou seja, é imprescindível sair equipado, como se fosse para o Alasca: duas calças, duas blusas,
tocas e luvas.

Os Geysers del Tatio ficam em torno de 4.300 metros de altitudes. Para evitar o mal-estar, eu masquei folha de coca e quebrou maior galho. Fique tranquilo, que a folha não te deixará doidão, nem coisa do tipo, ela é medicinal e encontrada em qualquer lugar em San Pedro de Atacama, inclusive nas farmácias. Se puder, deixe essa aventura para o final da sua viagem, assim estará acostumado com a altitude.

É um espetáculo de pura magia estes jatos de fumaça saindo do chão, a uma temperatura de mais ou menos 85 graus. São cerca de 80 geyseres espalhados, uma maravilha única da natureza. As fotos transmitem um pouco do lugar, mas nada como ver essa grande obra da natureza de perto!

GEYSER (7)

Eu e o meu filho Leonardo.

GEYSER (2)

As fumarolas atingindo os céus

GEYSER (8)

Grande espetáculo da natureza.

 

A todo instante, havia alguém alertando sobre os cuidados que deveríamos tomar com os buracos,
mesmo que não estivesse saindo fumarolas, pois aqualquer momento poderia sair jatos de vapores.

Foi muito comentado a morte de uma turista belga que acabou caindo em um geyser. Portanto todo
cuidado é necessário.

<http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/10/morre-turista-belga-que-caiu-em-geiser-em-el-tatio-no-chile.html>

Acesso em: 15 dez.2015.

 

GEYSER (4) GEYSER (3)

No final do Tour, próximo aos ônibus acontecem um café da manhã para todos.

No final do Tour, próximo aos ônibus tivemos um café da manhã previsto pelo guia. Em seguida, partimos
para continuação do passeio. Chegamos em uma enorme piscina de águas termais. A água estava realmente muito quente e parecia muito boa, o grande problema era ao sair, então pensei e não tive coragem de curtir a piscina naquele frio de -10 graus.

geysse

geyseerr

A última parada, foi no Povoado Machuca, que fica no meio do deserto, com casas de sapé.
Na minha opinião, essa parte do passeio poderíamos ter cortado, pois o povoado é tão pequeno que não
tem absolutamente nada para fazer. A impressão que tenho é que as agências criaram uma parada obrigatória para movimentar o “comércio de lá”.

DSCN0443 DSCN0441

DSCN0437

Galera fazendo fila pra comprar churrasquinho

DSCN0444

Povoado Machuca

OBS: Essa foto abaixo foi enviada por um dos meus seguidores, para quem eu dei algumas dicas.
Sua viagem foi realizada em jul/2016. Infelizmente, a estrada ficou fechada durante uma semana,por
conta da neve, que impediu a circulação dos ônibus e das vans, ficando assim, impossível a realização
do passeio nesta semana. As temperaturas no Atacama chegam a mais de -20C, no inverno. Assim, neste
período você correrá o risco de não poder conhecer os Geysers.

 

IMG-20160708-WA0008

A estrada toda, bloqueada de gelo.

 

O que levar:

  • Roupas de frio (para muito muito frio): duas blusas, duas calças, duas meias , touca, luvas, cachecol;
  • Óculos de sol;
  •  Protetor Solar;
  • Toalha de banho e roupas de banho ( para a piscina de água termal)
  • Algo para comer (biscoito, um lanchinho, salgadinho e etc)
  • Muita águaaaaaaaaa

Horário: das 4:30 as 12:00

Quanto eu paguei: $ 15.000 pesos chilenos +  $ 2.000 pesos chilenos da entrada( (o normal da entrada é $ 5.000 pesos chilenos, paguei menos da metade pois sou estudante, só apresentar qualquer carteirinha de estudante, e crianças pagam $ 2.000 pesos chilenos a entrada) JAN/16

Agência que eu fiz o passeio: SOL ANDINO EXPEDICIONES

Deixe seu comentário:





Back to Top